o que é slow life? os benefícios de uma vida mais devagar

o que é slow life? os benefícios de uma vida mais devagar

hey babe, como vai hoje?

pode me responder, pois essa não é aquela pergunta que todo mundo faz e nem espera a resposta: essa é de verdade. o tema de hoje é slow life (ou slow living), e ele pede que eu te ouça da mesma forma com que você me lê.

slow living é uma tendência que existe entre os humanos desde o nosso surgimento, mas que anda sumida por conta da tecnologia e da nossa cultura da pressa, ou busyness.

o que é busyness?

sabe aquela amiga que quando você liga ela atende louca, já gritando “pera aí que tô ocupada!” (talvez você seja a amiga). pois então, ela está totalmente imersa na ideia de busyness, uma cultura que diz que estamos sempre ocupadas, e não temos tempo para nada a não ser “trabalhar” e nos dedicar às obrigações. 

slow life é rejeitar o busyness e simplesmente desacelerar, focando nas coisas mais importantes. sim, trabalho é super importante, mas checar o email 20x por dia não! slow living diz respeito ao foco, e vamos falar mais um pouco sobre isso lá na frente. 

já a sua amiga (ou você), provavelmente está em negação - quem diz isso não sou eu, e sim o autor de um livro sobre slow living: 

“uma abordagem rápida tende a ser superficial, mas quando você desacelera, você começa a se dedicar mais profundamente a qualquer coisa que estiver fazendo. você também é forçada a confrontar o que está acontecendo dentro de si – que é uma das razões pelas quais eu penso que achamos tão difícil desacelerar. a pressa se torna uma forma de negação. uma maneira de fugir daqueles problemas mais profundos e complexos. em vez de focar em perguntas como ‘quem sou eu’, e ‘qual o meu papel aqui’, tudo se transforma em uma lista de afazeres superficial”  — Carl Honoré

benefícios da slow life

como eu tinha dito, busyness é essa cultura de estarmos super ocupadas o tempo todo. mas o interessante é que, quando desaceleramos em alguns aspectos da vida, acabamos fazendo mais! acredita?

vou te contar algumas das coisas que o slow living pode fazer por você.

te ajuda a economizar dinheiro

e quem não ama, né baby?

ter uma vida frugal faz parte do slow living para muitas pessoas, mas não precisa ser o mesmo para você! pegando algumas dicas e aplicando em sua vida (caótica ou não), você pode viver mais levemente e de quebra economizar uns reais!

geralmente, quem pratica o slow living prefere não estar na moda o tempo inteiro - ou seja, comprar roupas toda semana. porque além de ser ruim para o meio ambiente, fast fashion pode causar ansiedade em muitas mulheres! uma dica para praticar uma beleza mais consciente é comprar roupas de boa qualidade e guardar o dinheirinho das compras semanais pra curtir a vida.

já cozinhar é uma ótima maneira de estar presente: lavar, cortar, refogar, sentir os cheiros e os sabores da coisa que você mesma preparou não tem preço! quer dizer, tem sim, mas é muito menor do que pedir no aplicativo ;) além disso, você vive melhor sabendo o que come a cada dia (o que quer dizer menos despesas médicas!).

mais produtividade

como eu tinha dito, viver uma vida mais devagar pode até mesmo melhorar a sua produtividade! várias pesquisas já indicaram que multitasking traz efeitos negativos para a performance. então quando você desacelera e decide fazer uma coisa de cada vez, acaba se tornando mais produtiva nas áreas certas.

experiências mais intensas

até mesmo parar por 30 minutos e apreciar o céu pode te fazer mais feliz e criar uma memória positiva sobre o momento em que você está na vida. sabe quando você prova aquela comida gostosa e aprecia todos os sabores? slow life é provar a vida lentamente, experimentar o momento agora, e apreciar o sabor que ele te traz.

melhores decisões

quem nunca foi impulsiva que atire a primeira pedra!!!

mesmo se você acha que slow living não é pra você, tenho certeza que apreciaria esse benefício. quando você para, sente e pensa, toma decisões com mais cautela e claridade. tudo de bom, né não?

como começar com a slow life

quer começar? então vamos!

vou te dar algumas diquinhas para implementar a slow living na sua vida:

  • aprenda a dizer não
  •  

    tem gente que nem sequer tem essa palavra no vocabulário. chega disso! 

    você não pode ou não quer? então não vai e nem faz!

    muitas pessoas vivem imersas no busyness porque não sabem negar, e acabam tendo tempo pra tudo, menos para elas mesmas.

  • construa rituais diários
  •  

    tem gente que já acorda atrasada e acaba começando o dia com pressa. já outras chegam do trabalho cansadas, correm para fazer o jantar e se recolhem com a TV.

    desacelerar nesses momentos é muito difícil, mas não impossível. uma dica é fazer rituais diários.

    pode tentar acordar mais cedo a cada dia, e fazer a rotina de skincare lentamente (nem que sejam 20 minutos, pelo menos serão só seus). alongamento ou yoga também são boas alternativas.

    escolha a cor da sua pele para ver uma rotina de cuidados perfeita:

    pele negra

    pele parda

    pele branca

    preparar toda a comida no fim de semana é ótimo para  já ter tudo pronto quando chegar do trabalho à noite. aí quando chegar, é só continuar o ritual: banho e esfoliação mais alguns minutos de autoamor.

    tenho ideia de rotina de cuidados noturnos e diurnos com a pele aqui!

  • cuide de si
  •  

    na mesma linha do que eu disse antes, cuidar de si é imprescindível para o slow living. 

    como vimos no trecho citado no início do texto, a pressa é a fuga de problemas mais complexos e profundos. por isso, se você vive apressada, pause e se pergunte, do que quer fugir? podem haver inúmeros motivos, mas é sempre importante que você busque se entender e continue a se amar.

    quem não sabe por onde começar mentalmente, pode tentar fisicamente. tocar e massagear a pele é uma ótima forma de se conectar à sua essência.

    tenho o ylang ylang body oil para quem quer começar essa jornada em busca de si - ele é um óleo corporal perfeito para momentos de autoamor, pois tem propriedades antidepressivas e afrodisíacas, além de ser aromaterápico.

    slow life não é fácil (no início)

    nesse mundo em que estar ocupado é “moda”, slow living não é fácil. mas garanto que os resultados são imensos quando você começa a aplicar esse conceito em sua vida.

    slow life não é se isolar da humanidade, é e desconectar do que é desnecessário e apreciar o que você já tem, em vez de se entristecer pelo que lhe falta.

    é simplesmente se esforçar para estar presente em cada momento, mesmo nas tarefas mais corriqueiras. 

    quer um esfoliante cheiroso para se fazer presente e experimentar sensações incríveis na rotina de skincare? pode checar os meus produtinhos ;)

    xoxo,

    madamecrème.





     





    ler mais

    autocuidado em tempos de isolamento social

    autocuidado em tempos de isolamento social

    seu bumbum é lindo

    como montar uma rotina de esfoliação corporal?

    como montar uma rotina de esfoliação corporal?

    comentários

    seja o primeiro a deixar seu comentário
    todos os comentários são revisados antes de serem publicados